Dia dos professores: e a força da personalidade.

Dia dos professores: e a força da personalidade.

Nenhuma lição pode substituir a força de uma pessoa que educa. Muitas das vezes, os pais dão uma atenção grande para o material e o conteúdo que os filhos aprendem na escola, mas se esquecem do mais importante: quem os leva até eles. Os professores.

A professora está longe de ser apenas uma intermediária. Quando ela está ali, diante do aluno, é a força da sua personalidade quem educa e dá exemplos, mais do que qualquer coisa que ela possa ensinar.

Desde que a escrita existe, existem também os mestres. Aqueles que guiam, que orientam, que mostram os caminhos a serem trilhados pelos mais novos. Justamente porque é impossível aprender sozinho. Se para as necessidades mais básicas e naturais como andar, comer, falar e dormir nós precisamos de ajuda, de alguém que nos ensine, quiçá para as competências mais elevadas como a vida intelectual, a formação moral, a verdadeira educação.

É também por isso que o papel do professor ultrapassa o campo exclusivo da sua matéria. A criança vê nele uma referência. Um exemplo a seguir. Ela enxerga as qualidades e as atitudes do professor e se espelha nelas.

Quem  de nós não se lembra de pelo menos uma professora ou professor que tenha marcado a nossa infância?

Sempre tem. E não necessariamente pelo conteúdo que ela ou ele ensinavam, mas por quem eram. O modo como enxergavam o mundo. Como agiam e reagiam nele. Isso marca o coração de uma criança e, mais do que isso, serve de referência para ela.

Não é nenhum exagero dizer que os pais devem olhar com atenção para os professores dos seus filhos tanto quanto, ou até mais, do que olham para a escola ao escolherem por uma.

É com aquela pessoa que seu filho passará a maior parte ou uma parte determinante da infância. Se colocar na ponta do lápis, é com esta pessoa que seu filho passará a maior parte do dia, principalmente quando são pequenos e tem uma ou duas professoras, apenas.

A criança pequena é movida pelos seus sentidos. Quanto menor, mais guiada pelo que ela vê e sente. Ela ainda não é capaz de abstrair realidades muito complexas, mas ela sabe quando está com fome, com medo, com frio.

É por isso que o modo como cada professora opta para tratar e cuidar dos seus alunos é decisivo. Porque possui um papel fundamental no desenvolvimento da infância dos nossos filhos e isso não é, nem de longe, uma função fácil, simples ou superficial.

Movido pela força da sua personalidade e dos seus valores, o professor ensina e educa. E, consequentemente, ignorar o peso de sua influência na educação e desenvolvimento dos filhos é um engano que, cedo ou tarde, mostrará seus frutos.

Feliz dia aos professores que dedicam sua vida ao ofício e missão que escolheram com amor, respeito e zelo.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu